Terapia de casal: um investimento para o bem-estar do seu relacionamento

Quando se trata de relacionamentos, é natural que todos nós enfrentemos momentos de desafio e dúvidas que podem nos deixar assustados, desesperançosos, confusos e até mesmo com medo do que o futuro nos reserva ao lado daquela pessoa. Talvez seja importante neste momento lembrar que isso é perfeitamente normal. Afinal, os relacionamentos não vêm com um manual de instruções que nos guie por meio de cada situação e emoção que surgem ao longo do caminho.

Seria incrível se os relacionamentos viessem com um guia prático, semelhante àqueles que acompanham móveis novos, com instruções detalhadas e passo a passo para montar e fazê-los funcionar perfeitamente, não é mesmo?

No entanto, a realidade é que muitos casais se encontram em momentos de confusão e incerteza em seus relacionamentos, e isso se dá por inúmeras razões, afinal estamos falando de dois (ou mais!) seres humanos, cheios de necessidades, expectativas e hábitos convivendo e se relacionando. No meio da subjetividade das relações, a terapia de casal se revela como uma ferramenta confiável, pronta para orientá-los em direção à compreensão mútua, à reestruturação da conexão e à transformação da dinâmica relacional em algo mais satisfatório e gratificante.

Imagine a possibilidade de superar os obstáculos que estão prejudicando sua relação, aprimorar a comunicação com seu parceiro e, acima de tudo, construir um vínculo mais forte do que nunca. Você teria a oportunidade de criar o seu próprio “manual relacional” e construir o relacionamento que sempre desejou.

Se você está curioso sobre o poder da psicoterapia de casais e como ela pode transformar sua vida amorosa, este artigo é a porta de entrada para uma jornada de descoberta em direção a uma vida a dois mais prazerosa e harmoniosa. Juntos, exploraremos o mundo da terapia de casal e como ela pode ser o investimento mais valioso para o futuro do seu relacionamento.

 

O que é terapia de casal?

A terapia cognitivo-comportamental com casais oferece um caminho promissor para aqueles que desejam transformar seus relacionamentos em algo mais seguro e gratificante. Ela fornece aprendizados e entendimentos eficazes para superar conflitos, melhorar a compreensão mútua e fortalecer o vínculo, tudo com base em princípios científicos de psicologia. Esta abordagem terapêutica acredita na capacidade de mudança quando se compreende a natureza dos pensamentos disfuncionais e se adota uma abordagem colaborativa entre os parceiros.

Conforme os renomados terapeutas Rangé e Dattilio (2012), a terapia cognitivo-comportamental com casais é fundamentada em um conjunto de princípios e técnicas cuidadosamente elaborados. Essas técnicas são projetadas para expandir as perspectivas dos cônjuges, auxiliando-os a reinterpretar o significado e as causas de seus comportamentos. Ao fazer isso, os casais aprendem a corrigir suas interações disfuncionais e a aprimorar a qualidade do relacionamento.

Além disso, terapeutas cognitivo-comportamentais reconhecem que, muitas vezes, padrões de pensamento negativos e comportamentos inadequados podem ser obstáculos para a felicidade no relacionamento. A terapia de casais com a abordagem cognitivo-comportamental concentra-se em identificar esses padrões, desafiá-los e substituí-los por abordagens mais construtivas.

Ao buscar a terapia cognitivo-comportamental para casais, você estará embarcando em uma jornada de autodescoberta e crescimento mútuo. Essa abordagem terapêutica oferece uma oportunidade valiosa para fortalecer a conexão com seu parceiro, resolvendo conflitos de forma construtiva e construindo um relacionamento mais saudável e satisfatório.

Quando Procurar a Terapia de Casal?

A decisão de procurar terapia de casal é altamente pessoal, e a resposta para a pergunta “Quando procurar terapia de casal?” pode variar de casal para casal. A terapia de casal pode ser iniciada em diversas situações, não havendo um momento ou motivo “certo” para fazê-lo. O mais importante é que o casal seja capaz de reconhecer quando estão enfrentando desafios em seu relacionamento e se estão dispostos a buscar ajuda para superá-los. No entanto, existem algumas situações e indicadores que podem ajudar a determinar quando é um bom momento para buscar ajuda terapêutica em seu relacionamento. Aqui estão algumas sugestões:

  • Comunicação Ineficaz: Se você e seu parceiro têm dificuldades para se comunicar de maneira saudável e produtiva, a terapia de casal pode ser benéfica. Isso inclui discussões constantes, mal-entendidos frequentes e a sensação de que não estão se ouvindo mutuamente.
  • Conflitos Recorrentes: Se o casal enfrenta os mesmos conflitos repetidamente, sem chegar a soluções satisfatórias, é um sinal de que a terapia de casal pode ser útil. A terapia pode ajudar a identificar as causas subjacentes dos conflitos e fornecer ferramentas para resolvê-los de maneira mais construtiva.
  • Falta de Intimidade Emocional: Se vocês se sentem distantes, emocionalmente desconectados ou desinteressados um pelo outro, a terapia pode ajudar a reavivar a intimidade emocional e fortalecer o vínculo
  • Infidelidade: Um caso pode ser devastador para um relacionamento. A terapia de casal pode ajudar a entender as razões por trás da infidelidade, lidar com as emoções envolvidas e, em alguns casos, reconstruir a confiança.
  • Transições Significativas: Grandes mudanças na vida, como casamento, nascimento de um filho, mudanças de carreira ou aposentadoria, podem criar estresse e desafios no relacionamento. A terapia pode auxiliar na adaptação a essas transições.
  • Dificuldades Sexuais: Se o relacionamento está sendo afetado por problemas sexuais, como falta de desejo, disfunção erétil ou outros desafios, a terapia de casal pode ajudar a abordar essas questões de maneira aberta e compreensiva. Neste caso é importante ser analisado, em conjunto com o terapeuta, se o ideal é iniciar a psicoterapia de casal ou a terapia sexual
  • Prevenção de Problemas Futuros: Não é necessário esperar que os problemas surjam para buscar terapia. Alguns casais optam por terapia de casal como uma medida preventiva, antes que os problemas se agravem. Isso pode ajudar a fortalecer o relacionamento e melhorar a comunicação desde o início.

Terapeutas de casais são profissionais treinados para oferecer suporte e orientação a casais em todas as fases de relacionamentos, desde aqueles em crise até aqueles que desejam melhorar ainda mais seu convívio. Portanto, o melhor momento para procurar terapia de casal é quando vocês sentem que isso pode beneficiar seu relacionamento e estão dispostos a investir nessa jornada de crescimento e fortalecimento.

O que acontece durante a Terapia de Casal?

Embora uma sessão de psicoterapia de casal siga uma estrutura, ela é flexível e adaptável às necessidades específicas do casal, bem como as técnicas terapêuticas utilizadas. Nas sessões, a terapeuta trabalha em estreita colaboração com o casal para explorar alternativas e buscar percepções sobre as questões atuais que estão impactando o relacionamento.

A sessão começa com uma abertura calorosa, um momento para verificar o estado emocional do casal e revisar os eventos relevantes da semana anterior. Este é o momento em que o casal tem a oportunidade de compartilhar as questões ou preocupações atuais que desejam abordar na sessão, enquanto o terapeuta ouve atentamente e faz perguntas para esclarecer os problemas e entender as perspectivas de ambos.

Durante as sessões de terapia de casal, o terapeuta em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) emprega uma abordagem abrangente que enfoca tanto os aspectos comportamentais quanto os cognitivos do relacionamento. Isso significa que os comportamentos observáveis e os pensamentos subjacentes relacionados ao relacionamento de cada indivíduo são cuidadosamente analisados, considerados e trabalhados.

Na esfera cognitiva, que envolve os pensamentos, o terapeuta se concentra em três principais abordagens para abordar questões conjugais. Em primeiro lugar, é dada atenção à modificação de expectativas irreais em relação ao relacionamento. Isso envolve ajudar o casal a desenvolver expectativas mais realistas e saudáveis em relação ao parceiro e à dinâmica do relacionamento.

A terapia também visa corrigir atribuições defeituosas na interação conjugal. Isso significa que o terapeuta ajuda o casal a reconhecer e corrigir a tendência de atribuir motivos negativos ou mal-entendidos às ações do parceiro. Ao esclarecer as intenções e motivações reais, é possível melhorar a comunicação e a compreensão. Outra abordagem importante envolve o uso de procedimentos autoinstrucionais para diminuir a interação destrutiva entre o casal. Isso inclui o ensino de estratégias para reduzir conflitos, interações negativas e comportamentos prejudiciais, através da análise de pensamentos disfuncionais, diálogos mediados e a aplicação de exercícios cognitivos e comportamentais.

Além disso, dependendo dos objetivos terapêuticos, a sessão pode se concentrar no desenvolvimento e treinamento de habilidades essenciais, como o aprimoramento da comunicação, resolução de conflitos e promoção da empatia. Cada sessão conclui com um resumo do que foi discutido, juntamente com um feedback sobre a experiência e o progresso na terapia.

Durante o processo terapêutico, o casal é guiado em direção a uma melhor compreensão de si, de seu parceiro e das dinâmicas de relacionamento, visando criar mudanças positivas e duradouras em sua vida conjugal. Cada sessão é finalizada com um resumo do que foi discutido, com o feedback sobre a experiência do cliente e o progresso na terapia.

Para saber mais

A terapia de casal é um processo que envolve a participação tanto de você quanto do seu parceiro, idealmente. No entanto, se o seu parceiro não estiver aberto a essa ideia, você ainda pode optar por fazer a psicoterapia individual. Isso pode ajudá-lo a compreender melhor a si mesmo, ao relacionamento e como você pode contribuir para melhorá-lo.

Quando ambos optam pela terapia, pode ser que, durante o processo, seja identificada a necessidade de sessões individuais para lidar com questões específicas que surgem na terapia de casal.

Se você ou seu parceiro também estiverem enfrentando problemas adicionais, como abuso de substâncias ou transtornos psicológicos, por exemplo, o terapeuta pode sugerir terapias especializadas para tratamento dessas questões.

É importante ressaltar que a terapia de casal também pode ser uma ferramenta eficaz para lidar com questões relacionadas à violência doméstica, proporcionando um ambiente seguro para discussão e resolução. No entanto, se você se sentir em perigo ou não quiser mais manter o relacionamento devido a situações de abuso, é essencial entrar em contato com as autoridades, profissionais de apoio adequados ou grupo de suporte.

Entender que investir na terapia de casal pode ser a chave para um futuro mais promissor e gratificante juntos é uma demonstração de coragem e positividade que vai além do investimento financeiro, assim como qualquer processo é preciso também investimento de tempo, energia e esforços para fazer acontecer. A decisão de buscar ajuda é um passo significativo em direção a um relacionamento mais saudável e satisfatório, mas a sua mudança de comportamento e de pensamento perante a relação é essencial.

Conclusão: A terapia de casal é uma ferramenta inestimável para a saúde e harmonia dos relacionamentos. Ao buscar a orientação de um terapeuta de casal, as pessoas envolvidas podem adquirir habilidades essenciais para aprimorar a comunicação, resolver conflitos de maneira construtiva e, em última instância, nutrir um relacionamento mais saudável e feliz.

Referência bibliográfica:
RANGÉ, B. ; DATTILIO, F. M. Casais. In: RANGÉ, B. P. (org). Psicoterapia comportamental e cognitiva: pesquisa, prática, aplicações e problemas. Campinas, SP: L. Pleno, 2001

PECANHA, Raphael Fischer  e  RANGE, Bernard Pimentel. Terapia cognitivo-comportamental com casais: uma revisão. Rev. bras.ter. cogn. [online]. 2008, vol.4, n.1 [citado  2023-11-07], pp. 0-0.

Psicologia, Relacionamento e Sexualidade

Artigos Relacionados

Conheça 9 técnicas da TCC utilizadas para melhorar sua saúde mental
Conheça o poder transformador da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) enquanto exploramos nove técnicas dinâmicas projetadas para melhorar sua saúde mental. Descubra como esta terapia de curto ...
Mais informação →
Deixe para Trás Comportamentos como Roer as Unhas, Arrancar os Cabelos e Machucar a Pele: Conheça a Terapia de Reversão de Hábitos
Descubra como a Terapia de Reversão de Hábitos pode ajudar a deixar para trás comportamentos como roer as unhas, arrancar os cabelos e machucar a ...
Mais informação →
O que acontece durante a terapia sexual?
A terapia sexual oferece um ambiente seguro e acolhedor para indivíduos e casais abordarem desafios íntimos e alcançarem uma vida sexual mais satisfatória. Neste artigo, ...
Mais informação →