Desvendando a Terapia de Reversão de Hábitos: Seu Guia Completo para uma Mudança Duradoura

Desde sua concepção em 1973 por Azrin e Nunn, a Terapia de Reversão de Hábitos (TRH) tem se mostrado uma técnica valiosa na psicologia comportamental, especialmente no tratamento de comportamentos nervosos persistentes, como tricotilomania e escoriações na pele. Este artigo explora essa abordagem terapêutica em detalhes, desde seus fundamentos até suas técnicas práticas, com o objetivo de fornecer aos leitores um entendimento abrangente e prático de como ela pode ser aplicada para superar hábitos indesejados e comportamentos repetitivos focados no corpo.

A Terapia de Reversão de Hábitos demonstrou sua eficácia em uma variedade de comportamentos nervosos, fornecendo uma base sólida para o desenvolvimento contínuo dessa técnica terapêutica. Uma pesquisa tratou 12 clientes com hábitos nervosos diversos, como roer as unhas, chupar o dedo, arrancar os cílios, sacudir a cabeça, sacudir os ombros, empurrar a língua e balbuciar. Os hábitos foram praticamente eliminados logo no primeiro dia para todos os clientes e não retornaram durante o acompanhamento prolongado para os 11 clientes que seguiram as instruções (Azrin & Nunn, 1973).

Conscientização: Entendendo o Hábito Indesejado

O primeiro passo crucial na Terapia de Reversão de Hábitos é a conscientização. Envolve tornar o comportamento menos automático, trazendo à luz os padrões e gatilhos associados ao hábito em questão. A técnica de automonitoramento, onde o cliente registra seu comportamento e suas circunstâncias, é essencial nesse processo. Juntos, cliente e terapeuta exploram as raízes e os padrões do hábito, ganhando uma compreensão mais profunda de sua natureza e funcionamento.

Resposta Competidora: Desafiando o Hábito

Uma vez que o cliente esteja consciente do hábito e de seus gatilhos, é hora de identificar e treinar uma resposta competidora. Esta técnica envolve desenvolver e praticar comportamentos que impedem a execução do hábito desejado. A resposta competidora é acionada sempre que surge o desejo de realizar o comportamento indesejado, agindo como uma substituição eficaz.

Motivação para a Mudança: Enfrentando os Desafios

A motivação desempenha um papel fundamental na Terapia de Reversão de Hábitos, especialmente quando se trata de lidar com a inconveniência e os prejuízos causados pelo hábito. É essencial explorar os motivadores por trás do comportamento e enfrentar os desafios que surgem durante o processo de mudança. A escolha entre uma Terapia de Sessão Única ou uma Terapia Continuada pode depender da necessidade de suporte e acompanhamento, por parte do cliente, ao longo do tratamento.

Generalização: Aplicando a Mudança em Diversos Contextos

Na fase final da TRH, o foco está na generalização da mudança. O cliente recebe orientações e práticas sobre como controlar o hábito indesejado em diferentes situações cotidianas, garantindo que a mudança seja duradoura e aplicável em diversas áreas da vida. É importante integrar técnicas de atenção plena e reestruturação cognitiva para complementar a intervenção comportamental.

Considerações Finais

A Terapia de Reversão de Hábitos oferece uma abordagem sistemática e eficaz para superar comportamentos indesejados, como tricotilomania (desejo repetido de arrancar os cabelos, levando à perda perceptível de cabelo, sofrimento e prejuízo social ou funcional) e escoriações na pele. Um estudo publicado no International Journal of Trichology (Gupta & Gargi, 2012) destacou a eficácia da Terapia de Reversão de Hábitos na tricotilomania, mesmo em casos resistentes a medicamentos. A melhoria dos sintomas foi atribuída aos benefícios do relaxamento e à redução do sofrimento emocional associado aos sintomas psiquiátricos.

Conte com o suporte e orientação de uma profissional qualificada para alcançar seus objetivos. Venha dar o primeiro passo rumo a sua mudança!

Referências:

Azrin NH, Nunn RG. Habit-reversal: a method of eliminating nervous habits and tics. Behav Res Ther. 1973 Nov;11(4):619-28. doi: 10.1016/0005-7967(73)90119-8. PMID: 4777653.Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/4777653/>

Gupta S, Gargi PD. Habit reversal training for trichotillomania. Int J Trichology. 2012 Jan;4(1):39-41. doi: 10.4103/0974-7753.96089. PMID: 22628990; PMCID: PMC3358939. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3358939/>

COGINOTTI, Izabel Nilsa Brocco  e  REIS, Aline Henriques. Transtorno de escoriação (Skin Picking): revisão de literatura. Rev. bras.ter. cogn. [online]. 2016, vol.12, n.2 [citado  2024-03-03], pp. 64-72 . Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872016000200002&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1808-5687.  http://dx.doi.org/10.5935/1808-5687.20160012>

Psicologia, Relacionamento e Sexualidade

Artigos Relacionados

Conheça 9 técnicas da TCC utilizadas para melhorar sua saúde mental
Conheça o poder transformador da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) enquanto exploramos nove técnicas dinâmicas projetadas para melhorar sua saúde mental. Descubra como esta terapia de curto ...
Mais informação →
O que acontece durante a terapia sexual?
A terapia sexual oferece um ambiente seguro e acolhedor para indivíduos e casais abordarem desafios íntimos e alcançarem uma vida sexual mais satisfatória. Neste artigo, ...
Mais informação →
Entenda a Diferença entre Disfunção Erétil e Falha Erétil
Você já se perguntou qual é a diferença entre disfunção erétil e falha erétil? Embora esses termos possam ser usados de forma intercambiável em algumas ...
Mais informação →